Memorial do Muro de Berlim e Centro de Documentação 1


Memorial do Muro de Berlim e Centro de Documentação

cidade de Berlim é repleta de história sobre a Segunda Guerra Mundial, o Nazismo e o Muro de Berlim. Nós tivemos a oportunidade de passar em vários locais históricos durante nossos roteiros pela cidade, mas um dos que mais gostamos foi o Memorial do Muro de Berlim. Na nossa opinião, este é o local mais completo para entender toda a história do Muro de Berlim, desde sua origem até a sua queda, passando pelas dificuldade encontradas pelos cidadãos para conviver com esta barreira física que foi construída em apenas uma madrugada.

Maquete de Berlim

Maquete de Berlim

Como Chegar no Memorial do Muro de Berlim?

O Memorial do Muro de Berlim está localizado ao longo da rua Bernauer Str. na porção norte da cidade. Ele fica um pouco fora de mão do centro da cidade e é preciso usar o transporte público para chegar até o local, mas com certeza é uma visita que vale a pena.

Para chegar no Memorial do Muro de Berlim você pode usar o metro da U-Bahn, o trem da S-Bahn ou ainda o bonde elétrico (tram). Através do U-bahn você pode pegar a linha U8 e descer na estação Bernauer Straße. Já pelo trem da S-Bahn você deve ir até a estação Nordbahnhof que fica nas linhas S1, S2 e S25. Já através do bonde elétrico você pode pegar as linha M8 ou M10 e descer na parada Nordbahnhof.

Veja aqui o nosso post mostrando como usar o transporte público de Berlim.

Memorial do Muro de Berlim

Memorial do Muro de Berlim

Se possível, use o trem da S-Bahn para chegar no Memorial do Muro de Berlim já que por este método você terá um impacto sobre a história do muro logo na estação Nordbahnhof. A estação Nordbahnhof era uma das estações-fantasma do sistema de transporte de Berlim. Este nome foi dado para as estações de fronteira, ou seja, elas possuíam saída para os dois lados de Berlim durante a divisão da cidade e precisaram ser fechadas para que as pessoas do lado oriental não pudessem atravessar para o lado ocidental através da estação. A estação Nordbahnhof possui uma exposição permanente sobre as estações-fantasma e como eram estas estações com a divisão da cidade.

Muro de Berlim

Para entender um pouco mais a exposição do Memorial do Muro de Berlim, devemos saber como era a divisão da Alemanha depois da Segunda Guerra Mundial, a origem do muro de Berlim e a queda do muro de Berlim. Depois do final da Segunda Guerra Mundial, os Aliados (vencedores da guerra) liderados por Inglaterra, URSS, França e Estados Unidos precisaram dividir a Alemanha e fizeram de acordo com o mapa abaixo (mapa do lado esquerdo da figur

Divisão de Berlim

Divisão da Alemanha e de Berlim

Já a cidade de Berlim, centro das operações dos Aliados, também precisou ser dividida e cada país vencedor herdou um setor da cidade de Berlim: foi criado um setor americano, um inglês, um francês e outro soviético (mapa do lado direito da figura). Os três primeiros uniram-se para formar a área da cidade que adotaria o regime capitalista, Berlim Ocidental, e o lado soviético daria origem a Berlim Oriental. Porém, esta situação gerou uma configuração inusitada dentro da Alemanha dividida, pois o setor capitalista de Berlim estava mergulhado em território da Alemanha Oriental, formando um centro capitalista dentro do país socialista.

Esta situação se complicou quando o Plano Marshall foi lançado cujo objetivo era ajudar economicamente todos os países europeus do bloco capitalista afetados pela guerra. Stalin, contrariado pela negativa de cobertura do plano aos países socialistas, resolveu impor um bloqueio a Berlim Ocidental, fechando todas as vias de comunicação. O objetivo dos russos era forçar os aliados a abandonar o controle de seu setor da cidade, mas esta manobra não deu os resultados desejados já que os americanos quebraram o bloqueio por meio de rotas aéreas destinadas a abastecer e manter o status de Berlim Ocidental.

Após 1949 a situação parecia ter se normalizado, mas a cidade de Berlim dividida mantinha suas fronteiras tão cercadas e vigiadas quanto outros importantes pontos. A situação ficou tensa novamente no início da década de 1960, pois havia aumentado expressivamente o número de pessoas do lado oriental que “passavam” para o lado ocidental, alarmando as autoridades da Alemanha Oriental. Na busca de evitar qualquer possível contato com o mundo capitalista, o Muro de Berlim foi construído na madrugada 13 de Agosto de 1961, separando a cidade de Berlim em duas e deixando várias família, amigos e conhecidos separados fisicamente.

Nos 28 anos da existência do muro muitas pessoas se feriram e morreram tentando atravessar do lado oriental para o lado ocidental, mas não existem números exatos já que a contagem era feita pelo lado oriental. Além disso, algumas tiveram sucesso nesta travessia e suas histórias podem ser vistas em alguns museus de Berlim como o Museu DDR e o Memorial ao Muro de Berlim.

Em um discurso no Portão de Brandemburgo no ano de 1987, o presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, desafiou Mikhail Gorbachev, então Secretário Geral do Partido Comunista da União Soviética, para derrubar o muro como um símbolo de crescente liberdade do bloco leste.

Queda do Muro de Berlim em 1989

Queda do Muro de Berlim em 1989

O muro começou a ser derrubado na noite de 9 de novembro de 1989 e muitas pessoas se reencontraram depois de muito tempo separadas. Hoje os pedaços remanescentes do Muro de Berlim são considerados monumentos históricos, apesar de muitos alemães ainda sentirem uma certa frustração pois ele também simboliza uma época difícil da cidade.

Memorial do Muro de Berlim

O Memorial do Muro de Berlim é o local que melhor retrata toda a história acima. Ele pode ser dividido em duas partes: uma parte externa que é o próprio memorial e uma parte interna (Centro de Documentação) que dá mais detalhes sobre os acontecimentos.



Vai Viajar? Faça seu Seguro Viagem com Desconto (“Insira o cupom de desconto ANYWHERE5 no campo “VOUCHER DE DESCONTO” na tela de pagamento e, em seguida, clique em APLICAR. Assim você garante 5% de desconto em sua compra).

A própria rua onde o memorial está localizado, Bernauer Straße, possui uma história única já que ela estava literalmente na divisão entre os dois lados da cidade de Berlim. A rua estava no setor francês (bairro Wedding), mas os prédios do sul da rua pertenciam ao setor soviético (bairro Mitte). Imagine o desespero das pessoas quando o muro começou a ser construído e as pessoas não podiam mais circular e se viram bloqueadas. Esta rua também serviu como tentativas de fugas desesperadas onde pessoas dos prédios usavam cordas para descer para o lado ocidental e até mesmo se jogavam das janelas. Como represália, as autoridades da Alemanha Oriental mandaram cimentar as janelas dos apartamentos que também começaram a ser evacuados.

O Memorial do Muro de Berlim possui um trecho conservado do muro de Berlim que é mais impactante do que a East Side Gallery. Neste local o muro de Berlim é visto como ele realmente era, uma grande parece cinza, bem diferente das obras de arte que já cobriram esta cor cinzenta na East Side Gallery.

Muro de Berlim

Muro de Berlim

Na extensão do Memorial do Muro de Berlim você encontra colunas, placas informativas e diversas fotos que retratam o Muro de Berlim. Há também um grande painel com fotos de 136 vítimas que morreram em decorrência de tentativas de fuga do lado oriental para o lado ocidental.

Memorial do Muro de Berlim Painel

Painel

Memorial do Muro de Berlim

Memorial do Muro de Berlim

Já o Centro de Documentação mostra muito mais sobre a história do Muro de Berlim e a vida trágica das pessoas que ficaram separadas, sempre mostrando diversas fotografias, manuscritos, bilhetes e outros itens muito interessantes. É neste local também que você vê objetos e casos de tentativas de fuga frustradas que acabaram em prisões ou mortes, mas também histórias de sucesso.

Centro de Documentacao Memorial do Muro de Berlim

Centro de Documentação – Memorial do Muro de Berlim

Centro de Documentacao Memorial do Muro de Berlim

Centro de Documentação

Centro de Documentacao Memorial do Muro de Berlim

Centro de Documentação

Centro de Documentacao Memorial do Muro de Berlim

Centro de Documentação

Centro de Documentacao Memorial do Muro de Berlim

Centro de Documentação

Quando estiver no Centro de Documentação suba até o último andar para visualizar o Memorial do Muro de Berlim do alto. Você terá uma visão única do tamanho do muro de Berlim que ainda está intacto na Bernauer Straße e é possível ver como era a faixa da morte. O Muro de Berlim, na verdade, era constituído de dois muros, sendo que o segundo foi construído posteriormente. O trecho entre os dois muros era chamado de faixa de morte e contava com torres de vigilância, instalações antiaéreas subterrâneas, canis e inúmeros postes com holofotes. Os soldados recebiam a ordem de atirar e impedir qualquer fuga.

Muro de Berlim e Faixa da Morte

Muro de Berlim e Faixa da Morte

Visitar o Memorial do Muro de Berlim e o Centro de Documentação do Muro de Berlim é uma das visitadas mais enriquecedoras que você terá na cidade. É uma exposição, uma aula de história e uma volta ao passado que não pode deixar de ser vista em Berlim.

Mais Informações

Site Oficial: http://www.berliner-mauer-gedenkstaette.de/de/

Faça suas reservas com a gente!

 

Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você não vai pagar nada a mais por isso e o blog ganha uma comissão para continuarmos trazendo novos conteúdos e é uma ótima maneira de retribuir as informações que você obteve no blog. Todos ganham!

1477164494_city Reserve seu hotel pelo Booking.com

1477164553_car Alugue seu carro com a RentCars

1477164568_add Adquira seu seguro viagem com a Seguros Promo

1477164715_camera Reserve seus tickets para atrações pela Ticket Bar (EUA e Europa) e com a DayTour4u (Argentina, Colombia e Uruguai, e Brasil)

1482250327_mobile Compre câmbio com Melhor Câmbio

1482250327_mobileCompre seu chip com a Travel Mobile

1477164599_editdocument Quer um roteiro de viagem pronto? Conheça a coleção 3 Days Anywhere

Você precisa fazer uma reserva de hospedagem?

Me encontre

Erick Stengrat

Sou formado em Química pela USP, trabalho com Desenvolvimento de Embalagens e também sou responsável pelo conteúdo do blog my Destination Anywhere. Adoro viajar para destinos isolados, mas também não dispenso uma cidade grande. Já pisei em 11 países e só penso em aumentar a lista.
Me encontre

Tire sua dúvida ou faça um comentário legal =)

Um pensamento em “Memorial do Muro de Berlim e Centro de Documentação