Red Light District: A Prostituição Legalizada em Amsterdam


O Red Light District é um dos locais mais famosos de Amsterdam e é amplamente conhecido por suas vitrines onde prostitutas mostram seus corpos de maneira natural e legalizada. Apesar do tipo de atividade exercida, o Red Light District atrai turistas de todo o tipo, desde curiosos, casais e também homens que procuram os serviços oferecidos. Nós visitamos este local durante a nossa passagem por Amsterdam e abaixo você encontra as nossas impressões de andar por suas ruas estreitas.

Calcada do Red Light District

Calçada do Red Light District

Como Chegar no Red Light District?

O Red Light District fica localizado na região central de Amsterdam no bairro De Wallen. Ele começa próximo à Amsterdam Centraal Station e termina na Damstraat que é uma das ruas que sai da Dam Square. Abaixo você vê um mapa de onde o distrito está localizado:

Zona do Red Light District

Zona do Red Light District

Você passará por este local algumas vezes durante um roteiro pela cidade, mas se precisar pegar algum transporte, os trams (bondes) 4, 9, 16 ou 24 passam pela Damrak que já fica ao lado do Red Light District. Veja nosso post mostrando como usar o transporte público em Amsterdam.

Red Light District

O Red Light District fica próximo a zona portuária de Amsterdam e este foi o principal motivo para a prostituição florescer no local. Como vimos no Museu de Amsterdam que conta mais a história da cidade, no século XIV a cidade se desenvolveu como um importante centro comercial e os tripulantes dos navios procuravam locais na cidade para se divertirem. A partir desta época a prostituição começou a fazer parte da rotina do bairro e, apesar de algumas tentativas de combate pelas autoridades, o bairro De Wallen continuava recebendo muitos visitantes e no século XVII a prostituição foi oficialmente legalizada.



Vai Viajar? Faça seu Seguro Viagem com Desconto (“Insira o cupom de desconto ANYWHERE5 no campo “VOUCHER DE DESCONTO” na tela de pagamento e, em seguida, clique em APLICAR. Assim você garante 5% de desconto em sua compra).

Oudezijds Voorburgwal

Oudezijds Voorburgwal

Quando dizemos que a prostituição foi oficialmente legalizada, não é apenas porque as mulheres podem se exibir nas suas vitrines. Assim como qualquer profissão registrada, elas possuem direitos e deveres, pagando impostos pela renda, recebendo assistência social do governo e se organizando em associações que lutam pelos seus direitos.

Red Light District Amsterdam

Red Light District – Foto: vittorio sciosiaCC BY-NC-ND 2.0

Tem mulheres para todos os gostos. A maioria são magras, mas também tem as mais gordinhas. Há também muitas loiras, embora também a oferta de morenas seja grande.  Ou seja, para quem procura os serviços das mulheres, com certeza achará alguma que seja do gosto do freguês. Se você entrar e contratar os serviços, a vitrine é fechada com uma cortina e você será levado para o fundo onde há um quarto que elas alugam pela noite. Estamos falando bastante de mulheres que são a maioria no Red Light District, mas também há travestis que são diferenciados das mulheres pela cor da luz da vitrine. No geral, se a luz for vermelha é mulher e se a luz for azul é travesti.

Red Light District Vitrine

Red Light District

As fotografias são proibidas e é aconselhável seguir esta regra. As mulheres contratam pessoas que ficam andando a paisana nas ruas e, se você for pego tentando tirar alguma foto de frente para as vitrines, você pode ser abordado por uma destas pessoas (ou pelas próprias mulheres) para que apague a fotos da câmera ou, dependendo do humor, sua câmera pode ser destruída ou jogada em uma canal.

Além das famosas vitrines, o bairro também está repleto de outras atividades: boates, restaurantes, coffeeshops, bares, cinemas eróticos, casas de striptease e outras atividades. Há até mesmo um museu, Red Light Secrets, que conta mais a história do bairro e do estilo de vida das prostitutas do local. O mais curioso é que tudo isso vive em harmonia com o bairro que também possui escolas, parques, igrejas e famílias que andam pelas estreitas ruas do bairro.

Fazer uma visita ao Red Light District é uma atividade que é feita por quase todos os turistas que visitam a cidade e é uma ótima maneira de ver Amsterdam como é mostrada na mídia. Apesar disso, lembre-se que a cidade também oferece uma infinidade de museus, parques e possui muito mais atrações para serem vistas.

Faça suas reservas com a gente!

 

Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você não vai pagar nada a mais por isso e o blog ganha uma comissão para continuarmos trazendo novos conteúdos e é uma ótima maneira de retribuir as informações que você obteve no blog. Todos ganham!

1477164494_city Reserve seu hotel pelo Booking.com

1477164553_car Alugue seu carro com a RentCars

1477164568_add Adquira seu seguro viagem com a Seguros Promo

1477164715_camera Reserve seus tickets para atrações pela Ticket Bar (EUA e Europa) e com a DayTour4u (Argentina, Colombia e Uruguai, e Brasil)

1482250327_mobile Compre câmbio com Melhor Câmbio

1482250327_mobileCompre seu chip com a EasySym4U

1477164599_editdocument Quer um roteiro de viagem pronto? Conheça a coleção 3 Days Anywhere

Você precisa fazer uma reserva de hospedagem?

Me encontre

Erick Stengrat

Sou formado em Química pela USP, trabalho com Desenvolvimento de Embalagens e também sou responsável pelo conteúdo do blog my Destination Anywhere. Adoro viajar para destinos isolados, mas também não dispenso uma cidade grande. Já pisei em 11 países e só penso em aumentar a lista.
Me encontre

Tire sua dúvida ou faça um comentário legal =)