Guia Inicial para Santiago: Dicas e Informações Gerais 5


É sempre válido ter um guia inicial contendo informações gerais sobre a cidade que você irá visitar. Desta maneira, você consegue fazer um planejamento mais adequado sobre sua hospedagem, a época do ano para ir e outros fatores que influenciam no sucesso ou perrengue da sua viagem. Pensando nisto, fizemos este post para ajudar a planejar sua viagem para Santiago, a capital chilena que tem um charme especial e que tivemos a oportunidade de ficar por 2 dias.

Cidade de Santiago

O Chile está localizado no sul da América do Sul e sua capital Santiago se encontra na região central do país, sendo a cidade mais populosa e sede dos principais órgãos governamentais do Chile. A cidade está localizada em um grande vale que é rodeado por cordilheiras, entre elas a Cordilheira dos Andes na porção leste. A cidade é dividida em mais de 30 comunas onde a cidade de Santiago engloba a comuna central de Santiago e diversas comunas vizinhas.

Comunas de Santiago

Comunas de Santiago

A comuna de Santiago possui grande parte das atrações que se localizam dentro da cidade de Santiago: museus, locais históricos, catedrais, mirantes e prédios do governo chileno. Por sua vez, a comuna Providencia é uma parte mais nova da cidade e nela se encontram diversos bares e restaurantes. Também há algumas atrações em comunas mais distantes. Por exemplo, a comuna de Pirque abriga a vinícola Concha y Toro, uma das principais vinícolas do Chile e grande atração na região de Santiago.

Quando Ir para Santiago?

A cidade de Santiago possui climas bem diferentes durante o inverno e verão e a escolha de quando ir para Santiago depende do que você pretende fazer na cidade.

O inverno é uma grande atração para os brasileiros já que é um dos locais mais próximos na América do Sul que temos a garantia de encontrar neve. Se você faz questão de ter esta experiência, programe a sua viagem para os meses de julho, agosto e setembro. Apesar de não ter neve na cidade de Santiago, você encontra diversos centros de esqui nos arredores da cidade, sendo o Valle Nevado o mais famoso deles. As temperaturas na cidade nesta época ficam entre 5°C e 12° e é a época mais chuvosa na região.

Já durante os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, os dias são mais longos e o brilho volta para a cidade de Santiago. Você encontra o tempo mais aberto e as temperaturas variam entre 30°C durante o dia e 12°C durante a noite, uma amplitude térmica alta devido a baixa umidade do ar. O verão é uma ótima época para visitar as cidades litorâneas de Viña del Mar e Valparaíso e também ver os vinhedos das vinícolas ao redor de Santiago com mais cores.

Câmbio em Santiago

A moeda do Chile é o Peso Chileno e em Santiago há diversas casas de câmbio para trocar o seu dinheiro. Assim como em outros lugares, o câmbio no aeroporto não é muito bom e recomendamos trocar apenas uma pequena quantia de dinheiro necessária para chegar até o seu hotel (táxi ou de transporte público) e depois procurar por casas de câmbio na cidade. Na cidade, as melhores condições são encontrada no Paseo Ahumada ou Rua Agustinas que se localizam no centro da cidade. 

Hospedagem em Santiago

Em Santiago há três principais regiões para se hospedar: comuna de Santiago, Providencia e Las Condes. Elas são bem diferentes entre si e a escolha depende do seu estilo de viagem.

A comuna de Santiago se localiza na região central e possui grande parte das atrações que se localizam dentro da cidade de Santiago: museus, locais históricos, catedrais, mirantes e prédios do governo chileno. A nossa recomendação é se hospedar na região da Lastarria (metro Universidad Católica ou Bellas Artes) ou na região da Bellavista (metro Baquedano). Nestes locais você ficará bem próximo a todas as atrações do centro da cidade e ainda terá a oportunidade de encontrar bons bares e restaurantes a noite na região da Bellavista. Em contrapartida, esta é a região mais movimentada e se você está procurando sossego durante a sua viagem, você não irá encontrar.

A região de Las Condes é uma região muito residencial, moderna e é uma ótima opção se você procura sossego total na cidade. Em contrapartida, você tem menos opções de hotéis, bares e restaurantes durante a noite. Você também ficará um pouco mais longe das atrações do centro da cidade, porém, elas ainda podem ser acessadas facilmente através do metro de Santiago.



Vai Viajar? Faça seu Seguro Viagem com Desconto. Seguro viagem geral 728x90

Se você procura uma região que é uma mistura entre a comuna de Santiago e a comuna Las Condes, a Providencia é a localização ideal. Você encontra boas opções de hospedagem perto dos metros Manuel Montt, Pedro de Valdivia e Los Leones. Neste região você fica mais próximo do centro da cidade, mas já é uma região mais calma do que a comuna da Santiago. Há também ótimas opções de restaurantes e bares, se tornando mais atrativa neste quesito do que a comuna de Las Condes. Em contrapartida, é uma região um pouco mais cara e você precisa procurar com mais cuidado para encontrar um bom preço.

Veja opções de hospedagem em Santiago e faça sua reserva clicando neste link. Você não vai pagar nada a mais por isso e o blog ganha uma comissão do Booking. Você consegue uma hospedagem bacana e é uma ótima maneira de retribuir as informações que você teve no blog. Todos ganham !

O Que Fazer em Santiago?

A cidade de Santiago é muito interessante para visitar alguns locais históricos e ver os prédios governamentais do governo chileno. Há também alguns parques públicos onde você pode passar um dia inteiro fazendo atividades ao ar livre. Talvez uma das grandes vantagens de Santiago em relação a outras cidades da América do Sul como Buenos Aires e Bogotá é que há várias atrações nos arredores como os centros de esqui no inverno, as vinícolas e também as cidades litorâneas de Valpaíso e Viña del Mar. Abaixo você encontra as atrações que visitamos durante os nossos dois dias na cidade (clique nos links para o nosso post com mais detalhes):

Pontos Históricos na Cidade
– Roteiro a Pé pelo Centro

Museus
– Museu la Chascona: A Antiga Casa de Pablo Neruda

Parques Públicos na Cidade
– Cerro Santa Lucia: Um Mirante no Centro de Santiago
– Parque Metropolitano de Santiago: Um Parque Incrível em Santiago

Outras Regiões da Cidade
– Roteiro a Pé pelo Bairro de Bellavista

Vinícolas
– Concha y Toro: Visitando a Vinícola mais Famosa na Região

Restaurantes
– Restaurante Ky: Um Lugar Inusitado em Santiago

Infelizmente não conseguimos fazer uma visita nas cidades de Valparaíso e Viña del Mar e também em outras vinícola menores. Assim, se você pretende visitar estes locais é preciso reservar uns dias a mais durante a sua viagem para Santiago.

Transporte em Santiago

O sistema de transporte em Santiago mais eficiente é o metro que passa pelas principais avenidas da cidade. Apesar de parecer pequeno, o metro de Santiago possui mais de 100 km de extensão e 108 estações que são divididas entre 5 linhas. Veja aqui o nosso post completo sobre como usar o metro de Santiago.

Metro de Santiago

Metro de Santiago

Com o metro de Santiago você consegue visitar boa parte das atrações da cidade, independentemente se você está hospedado na comuna de Santiago, Providencia ou Las Condes. Nós não usamos táxi nenhuma vez na cidade, mas os preços são mais baratos se comparados aos preços das grandes cidades brasileiras.

Quantos Dias Ficar em Santiago?

Esta é uma das perguntas mais difíceis de se responder já que é muito pessoal. Se você focar apenas na cidade de Santiago, acreditamos que dois dias sejam suficientes para conhecer as principais atrações da cidade ou, se você gostar muito de atividades ao ar livre, vale a pena ficar 3 dias para se dedicar mais ao Parque Metropolitano de Santiago. Porém, como muitas atrações também se encontram no entorno da cidade como os centros de esqui, vinícolas e as cidades litorâneas de Viña del Mar e Valparaíso, vale a pena ficar uns 5 dias na cidade para visitar estes locais.

Faça suas reservas com a gente!

 

Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você não vai pagar nada a mais por isso e o blog ganha uma comissão para continuarmos trazendo novos conteúdos e é uma ótima maneira de retribuir as informações que você obteve no blog. Todos ganham!

1477164494_city Reserve seu hotel pelo Booking.com

1477164553_car Alugue seu carro com a RentCars

1477164568_add Adquira seu seguro viagem com a Real Seguros

1477164715_camera Reserve seus tickets para atrações pela Ticket Bar (EUA e Europa) e com a DayTour4u (Argentina, Colombia e Uruguai, e Brasil)

1482250327_mobile Compre câmbio com Melhor Câmbio

1482250327_mobileCompre seu chip com a EasySym4U

1477164599_editdocument Quer um roteiro de viagem pronto? Conheça a coleção 3 Days Anywhere

Você precisa fazer uma reserva de hospedagem?

Me encontre

Erick Stengrat

Sou formado em Química pela USP, trabalho com Desenvolvimento de Embalagens e também sou responsável pelo conteúdo do blog my Destination Anywhere. Adoro viajar para destinos isolados, mas também não dispenso uma cidade grande. Já pisei em 11 países e só penso em aumentar a lista.
Me encontre

Tire sua dúvida ou faça um comentário legal =)

5 thoughts on “Guia Inicial para Santiago: Dicas e Informações Gerais

  • Helena Campos

    Olá.Gostei muitíssimo do blog, estou planejando minha próxima VIAJEM par o Chile, Santiago. Quero fazer compras por lá, roupas, cosméticos, etc. Ñ tem nenhum comentário a respeito aqui, você pode me dar algumas dicas? Obrigada .abcs

    • Erick Stengrat Autor do post

      Oi Helena…infelizmente não temos este tipo de dicas porque não temos este perfil de comprar durante viagem. De qualquer maneira, em oturos blogs você encontra mais informações.
      Abraços

  • Mauricio Takumi Ono

    Santiago:

    Cheguei dia 13/11 e fiquei hospedado no Recife Apartments na Rua San Francisco da bahiana Jana. Ela tem varios kitnets neste predio e aluga para as pessoas. Fica a umas 4 quadras da Avenida Liber Bernardo O´Higgings q é a principal onde se encontram a linha vermelha do metro.
    O apto é simples, mas completo. Não tenho oq reclamar do local. A Jana é bem educada e muito prestativa.
    No nosso primeiro dia de passeio ja começou mal pq deu um pane nas 3 principais linhas de metro da cidade (Vermelha, Verde e Laranja), por causa de um pane no sistema eletrico, consequencia transito totalmente parado. Tivemos q andar umas 2hs a pé para chegar até a linha azul para podermos ir até a Vinicula Concha Y Toro. Sorte q a Jana logo cedo me mandou uma mensagem avisando do pane.
    Fizemos o passeio na Conha Y Toro, mas esperava mais (9.000 pesos chilenos a entrada). Tipo ver como é feita a fabricação do vinho e não somente a visita a parreira, degustação e ao deposito. Na volta passamos no maior Shopping q existe. São 6 andares de lojas de marca.
    No dia seguinte 14/11 fomos para Valle Nevado e Farellones (15.000 pesos chilenos cada um) . Vale muito a pena, mesmo estando sem neve. O local é muito bonito. Fizemos o passeio com a TurisTour(maior empresa de turismo do Chile). No apto depois do passeio ainda pegamos um 3 segundos de tremor de terra.
    No dia 15/11 fomos para Valparaiso e Vinã Del Mar. Pegamos o metro até a estação Universidade de Santiago e lá pegamos o onibus q sai a cada 15 min para lá. Chegando lá fechamos passeio com uma empresa q tem dentro do terminal de onibus. Vc não dá nada pela empresa por ser um box, mas fomos bem atendidos e eles acabam passando bem dizendo todos os locais turisticos das 2 cidades.

    Abs

    • Erick Stengrat Autor do post

      Olá Maurício, tudo bem?
      Obrigado pelas dicas de Santiago também. Com certeza ajuda bastante quem está procurando outras opiniões.
      Infelizmente não consegui ir em Valparaíso e Viña del Mar, mas está nos meus planos para uma volta para a cidade. Também achei bem legal esta indicação das kitnets…
      Abraços e obrigado novamente 🙂 !

      • Mauricio Takumi Ono

        Recife Apartments achei no Booking. O nome do prédio em si é outro. (esqueci de falar isso).

        Achei legal o passeio em si para Valparaiso e Vinã, mas acho q não faria novamente. Mas para Valle Nevado com certeza, ainda mais se fosse com neve.

        Abs