Concha y Toro: Como Visitar a Vinícola em Santiago 2


Concha y Toro é uma das vinícolas mais famosas do Chile e seus vinhos são amplamente conhecidos no país e no exterior. Apesar de conhecermos muito mais cervejarias nas nossas viagens do que vinícolas, visitar Concha y Toro é um ótimo programa para se fazer durante a sua viagem para Santiago.

Como Chegar na Vinícola Concha y Toro?

A vinícola Concha y Toro fica localizada na Avenida Virginia Subercaseaux 210, município de Pirque (arredores de Santiago). Se você tiver alugado um carro na cidade, esta é a melhor opção para chegar até a vinícola e o percurso desde o centro de Santiago dura aproximadamente 45 minutos.

Se você não alugou um carro é possível chegar através de transporte público que foi a maneira que escolhemos. O caminho é longo (levamos quase duas horas para ir e o mesmo tempo para voltar) e você precisa saber o trajeto com antecedência para não ter nenhum problema. Para chegar até a vinícola Concha y Toro de transporte público você deve ir até a estação Las Mercedes (veja aqui como usar o metro de Santiago) e pegar a saída com a indicação “Concha y Toro Poniente”. Depois de sair da estação você pode pegar um táxi que custa aproximadamente 3.000 Pesos Chilenos ou pegar uma van (linhas 73, 80 ou 81) que custa 500 Pesos Chilenos. Nós fomos de van e, se escolher esta opção, peça para o motorista te indicar o ponto mais próximo da vinícola.

Uma outra opção é ir com alguma agência de turismo de Santiago que já faz o transporte de ida e volta. Esta é uma forma bem cômoda, mas o valor é mais alto. Por exemplo, a agência Turistour cobra 27.000 Pesos Chilenos (já incluso o valor do tour tradicional) para fazer este passeio. Na nossa opinião só vale a pena se você não alugou um carro ou evita andar de transporte público.

Concha y Toro Entrada

Concha y Toro – Entrada

Como Visitar a Vinícola Concha y Toro?

A vinícola Concha y Toro pode ser visitada através de duas opções de tour guiado:

Tour Tradicional: o tour tradicional passa pela antiga propriedade da família de Don Melchor de Santiago Concha y Toro e pelos seus jardins, os vinhedos com plantações de diversos tipos de uvas, uma degustação de vinho branco, as adegas onde estão armazenados os vinhos tradicionais da vinícola e, por fim, uma degustação de vinho tinto. O tempo total do tour é de aproximadamente 1 hora e ele está disponível em português, espanhol e inglês. O custo para realizar o tour tradicional é de 9.000 Pesos Chilenos (aproximadamente 18 Dólares).

Tour Marques de Casa Concha: o tour Marques de Casa Concha possui um roteiro idêntico ao tour tradicional, porém, ao final do tour tradicional você é levado para uma outra sala com uma degustação de vinhos e queijos especiais que é feito com um sommelier. Por esta diferença, o tour tem duração de 1h30min e ele está disponível apenas em inglês e espanhol. O custo também é maior: 19.000 Pesos Chilenos (aproximadamente 38 Dólares).

Seja qual for sua opção, você precisa reservar o tour com pelo menos 24 horas de antecedência através do site oficial. O Tour Tradicional possui mais opções de horários e o tour Marques de Casa Concha possui menos opções. Como nós não somos muito fãs de vinhos, acabamos por optando pelo tour tradicional.

Vinícola Concha y Toro

O tour pela vinícola Concha y Toro começa com uma pequena introdução sobre a vinícola que é a segunda maior do mundo e exporta para diversos países. Em seguida, você segue um caminho arborizado até chegar no casarão que pertencia à família de Don Melchor de Santiago Concha y Toro que foi o responsável pela fundação da vinícola no ano de 1883. Atualmente o local é usado como centro administrativo da vinícola e não está aberto para visitação. Desta local também é possível ter uma vista muito bonita dos jardins e de um grande lago localizado nos arredores do casarão.

Antiga Propriedade de Concha y Toro

Antiga Propriedade

Jardins de Concha y Toro

Jardins

O tour continua passando por dentro dos vinhedos que possuem diversas plantações de uvas distintas, cada uma usada para produzir um tipo diferente de vinho e muitas delas são combinadas para produzir vinhos especiais. No local também é explicado como fatores climáticos e regionais podem influenciar na plantação e no cultivo de determinados tipos de uva, influenciando na qualidade do vinho produzido.



Vai Viajar? Faça seu Seguro Viagem com Desconto (“Insira o cupom de desconto ANYWHERE5 no campo “VOUCHER DE DESCONTO” na tela de pagamento e, em seguida, clique em APLICAR. Assim você garante 5% de desconto em sua compra).

Vinhedo Concha y Toro

Vinhedo

Vinhedo Concha y Toro

Vinhedo

Na sequência do tour você faz a sua primeira degustação: um vinho branco do rótulo Marques de Casa Concha. Todos recebem uma taça de vinho e, enquanto provam, o guia conta um pouco mais sobre as características do vinho.

Degustacao Vinho Branco

Degustação

Neste momento você vai para o interior da vinícola e visita as adegas que estão localizados em grandes galpões. Há centenas de barris nestes locais que possuem um ambiente altamente controlado em relação a temperatura e umidade, tudo pensado para que os vinhos mantenham a sua qualidade.

Adegas Concha y Toro

Adegas – Concha y Toro

A adega mais famosa fica localizada no porão e é chamada de Casillero del Diablo que depois deu nome a um dos vinhos mais famosos da vinícola Concha y Toro. A adega e o vinho possuem este nome devido ao próprio Dom Melchior que foi o fundador de Concha y Toro. Ele armazenava os melhores vinhos neste porão e, percebendo que algumas garrafas sumiam com o tempo, resolveu criar uma lenda dizendo que o próprio diabo habitava o local. A lenda ficou tão conhecida entre os funcionários que ninguém ousou voltar ao local.

Casillero del Diablo

Casillero del Diablo

Adegas Casillero del Diablo

Adegas – Casillero del Diablo

Esta lenda é contada de uma forma bem diferente para os visitantes, com show de luzes e vários efeitos sonoros. Apesar de não ter nada demais, é uma parte bem interessante do tour e que eles acabaram aproveitando o nome de uma maneira bem peculiar.

Casillero del Diablo Concha y Toro

Casillero del Diablo

Por fim, você vai para uma segunda degustação de vinho, desta vez tinto. Da mesma maneira que a primeira degustação, todos recebem uma taça de vinho e, enquanto provam, o guia conta um pouco mais sobre as características do vinho. Esta taça é um presente da vinícola que você pode levar de recordação sem nenhum custo adicional.

Concha y Toro

Concha y Toro

Fazer um tour na vinícola Concha y Toro é um passeio muito interessante de se fazer na região de Santiago. Apesar de não ser a nossa bebida favorita, valeu a pena para conhecer um pouco mais do processo produtivo do vinho, a diferença entre as uvas e a importância que a vinícola tem para o Chile. Se você gostar muito de vinho e quer conhecer um pouco mais, vale a pena fazer o tour Marques de Casa Concha.

Faça suas reservas com a gente!

 

Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você não vai pagar nada a mais por isso e o blog ganha uma comissão para continuarmos trazendo novos conteúdos e é uma ótima maneira de retribuir as informações que você obteve no blog. Todos ganham!

1477164494_city Reserve seu hotel pelo Booking.com

1477164553_car Alugue seu carro com a RentCars

1477164568_add Adquira seu seguro viagem com a Seguros Promo

1477164715_camera Reserve seus tickets para atrações pela Ticket Bar (EUA e Europa) e com a DayTour4u (Argentina, Colombia e Uruguai, e Brasil)

1482250327_mobile Compre câmbio com Melhor Câmbio

1482250327_mobileCompre seu chip com a EasySym4U

1477164599_editdocument Quer um roteiro de viagem pronto? Conheça a coleção 3 Days Anywhere

Você precisa fazer uma reserva de hospedagem?

Me encontre

Erick Stengrat

Sou formado em Química pela USP, trabalho com Desenvolvimento de Embalagens e também sou responsável pelo conteúdo do blog my Destination Anywhere. Adoro viajar para destinos isolados, mas também não dispenso uma cidade grande. Já pisei em 11 países e só penso em aumentar a lista.
Me encontre

Tire sua dúvida ou faça um comentário legal =)

2 pensamentos em “Concha y Toro: Como Visitar a Vinícola em Santiago

  • Mylena

    Oi Erick! Gostei muito deste seu post sobre a vinícola, mas, penso em “fugir” da Concha y Toro, e visitar uma vinícola menor e mais próxima a Santiago, pois meu período de viagem será de 26/12 a 31/01 (6 dias completos, sem contar período de voo), e caso fosse a ela, desejaria fazer o roteiro mais completo…
    Um abraço
    Mylena

    • Erick Stengrat Autor do post

      Olá Mylena…a Vinícola Conha y Toro é a mais tradicional para ser visitada, mas claro que se você tiver mais tempo na cidade vale a pena visitar outras vinícolas. Como eu só tive dois dias, precisei ficar só nos passeios tradicionais mesmo !!! Você terá 6 dias…vai dar para aproveitar bastante…depois conta quais vinícolas vocês visitaram !!!
      Abraços e obrigado pelo comentário !