Vale Sagrado dos Incas: Písac e Ollantaytambo


Durante a nossa viagem para Cusco tínhamos o objetivo principal de conhecer Machu Picchu. Porém, não é possível conhecer este local sem antes passar por um pouco da história do Império Inca que pode ser entendida através de um City Tour em Cusco (leia aqui o post com o nossa experiência) e de um roteiro pelo Vale Sagrado dos Incas.

Como Visitar o Vale Sagrado dos Incas?

O Vale Sagrado dos Incas pode ser comprado nas diversas agências de turismo na cidade. Ele dura o dia todo, sendo que a van sai de Cusco por volta das 8h e retorna após às 17h. O roteiro pode variar levemente entre cada uma das agências e é importante perguntar com antecedência qual é exatamente o caminho que você irá fazer para programar todos os passeios de acordo com seus planos (veja nosso guia para você planejar seu roteiro de passeios em Cusco).

O nosso tour pelo Vale Sagrado dos Incas foi adquirido antecipadamente através da Fabulous Peru Tours que foi a agência que fechamos todos os nossos passeios na região. A Fabulous Peru Tours é credenciada no Ministério do Turismo do Peru que dá uma segurança maior para os turistas que procuram por agências sérias na região. O Fredy Medina, responsável pela agência, nos deu todo o apoio durante a nossa viagem, desde a reserva dos passeios até o momento da volta para o Brasil. O custo para a realização do tour pelo Vale Sagrado dos Incas com esta agência é de 21 dólares, já com o transporte incluso (valor de julho de 2014).

Vale Sagrado dos Incas

Quem acompanha o nosso blog sabe que estes passeios não são muito do nosso perfil, mas quando você está em um lugar com uma história tão rica é impossível não querer saber mais e este é o fator mais importante de fazer o Vale Sagrado dos Incas através de uma agência com um guia especializado. O guias te conta a história do Império Inca com tantos detalhes que não é possível desviar a atenção.

O tour pelo Vale Sagrado dos Incas começou com uma visita ao povoado de Ccorao, depois nos encaminhamos para as ruínas de Písac, almoçamos em Urubamba e terminamos o dia em Ollantaytambo. Antes de sair de Ollantaytambo você tem a opção de ficar no local para pegar o trem para Machu Picchu (se já tiver comprado o ticket com antecedência) ou voltar com a van para Cusco que também passa no povoado de Chinchero.

Ccorao

O nosso tour começou com uma pequena parada no povoado de Ccorao que possui uma feira artesanal com diversos itens para serem comprados. Durante uma viagem para Cusco você perceberá que os tours passam por diversas comunidades com a intenção de trazer um pouco mais os turistas para a cultura do local e também ajudar na manutenção destes povos.

Ccorao

Ccorao

Ccorao Feira Artesanal

Ccorao – Feira Artesanal

Quando saímos de Ccorao a van fez uma pequena parada na estrada onde era possível ver um grande vale com o Rio Urubamba passando na sua base. Foi uma vista magnífica e uma das imagens mais bonitas do dia.

Vale Sagrado dos Incas Vale do Rio Urubamba

Vale Sagrado dos Incas – Vale do Rio Urubamba

Vale Sagrado dos Incas Vale do Rio Urubamba

Vale Sagrado dos Incas – Vale do Rio Urubamba

Písac

Písac tinha uma função religiosa dentro do Vale Sagrado dos Incas, mas também era muito usada para experimentação agrícola e observação astronômica. A experimentação agrícola era feita através de vários níveis no solo que criavam microclimas e permitiam analisar como diferentes temperaturas, pressão e altitude influenciavam cada um dos alimentos plantados. A função religiosa era feita através de templos que ficam no topo de Písac.

Pisac Zona Agricola

Písac – Zona Agrícola

Pisac Zona Agricola

Písac – Zona Agrícola

Pisac Zona Religiosa

Písac – Zona Religiosa

Em alguns pontos é possível observar que há paredes degastadas com diversos buracos. Segundo o nosso guia, ele era um cemitério inca e durante a colonização espanhola os exploradores saquearam o local para retirar o ouro e outros objetos de valor que foram deixados nos túmulos.



Vai Viajar? Faça seu Seguro Viagem com Desconto. Seguro viagem geral 728x90

Pisac Cemiterio Inca

Písac – Antigo Cemitério Inca

Para visitar Písac você precisa apresentar o seu Boleto Turístico de Cusco. Os boletos turísticos válidos para Písac são: Boleto Turístico Geral e Boleto Turístico Circuito III (leia o nosso post com mais informações sobre o Boleto Turístico de Cusco).

Urubamba

Urubamba é uma pequena cidade que está localizada no Vale Sagrado dos Incas e é onde as agências levam os turistas para almoçar. Geralmente o almoço já está incluso no tour, mas se você quiser almoçar por conta própria a van te deixa no centro da cidade de Urubamba. A van passa por diversos restaurantes e onde você irá comer depende da agência que você reservou o tour.

O nosso almoço foi no restaurante Inkalicious onde a comida era servida no estilo buffet e tinha opções de saladas, pratos quentes com peixe, carne e frango e também uma mesa de sobremesa. A bebida era paga a parte. Foi um bom almoço e valeu a pena para comer algo mais tradicional na região.

Restaurante Inkalicious

Restaurante Inkalicious

Restaurante Inkalicious

Restaurante Inkalicious

Restaurante Inkalicious Pratos Quentes

Pratos Quentes

Ollantaytambo

Depois do almoço o tour pelo Vale Sagrado dos Incas se encaminha para Ollantaytambo que até hoje permanece com sua população altamente ligada aos costumes dos povos andinos. Assim como Písac, Ollantaytambo possui diversos níveis no solo para criar microclimas para experimentação agrícola. Em alguns locais é possível ver uma construção similar a uma casa, mas na verdade eram depósitos de alimentos por possuírem janelas abertas que possibilitavam a refrigeração.

Ollantaytambo

Ollantaytambo

Ollantaytambo

Ollantaytambo

As pedras para a construção de Ollantaytambo foram trazidas das montanhas ao redor e é possível observar saliências que serviam para a colocação do tronco de apoio durante a movimentação das pedras, tanto que a parte inferior das saliências possuem desgaste. É interessante observar que estas pedras são únicas, ou seja, para criar a saliência os incas precisaram fazer todo o polimento ao redor deste ponto. Além disso, o guia também informou que elas tinham uma função de calendário onde as sombras projetadas mostravam os “meses” do ano.

Ollantaytambo Pedras

Ollantaytambo – Pedras

Ollantaytambo Vista Panoramica

Vista Panorâmica

Depois de visitar Ollantaytambo você tem a opção de ficar na cidade de onde sai o trem com destino a estação Aguas Calientes, base para visitar as ruínas da impressionante cidade inca de Machu Picchu. Para quem tiver outros planos, a van retorna para Cusco, passando antes no povoado de Chinchero. Como ficamos em Ollantaytambo, não visitamos este povoado.

Ollantaytambo

Ollantaytambo

Para visitar Ollantaytambo você precisa apresentar o seu Boleto Turístico de Cusco. Os boletos turísticos válidos para Ollantaytambo são: Boleto Turístico Geral e Boleto Turístico Circuito III (leia o nosso post com mais informações sobre o Boleto Turístico de Cusco).

Realizar o tour pelo Vale Sagrado dos Incas faz parte do roteiro e é praticamente obrigatório se você quiser conhecer mais do Império Inca. Ele será apenas um aperitivo do que você irá encontrar na grande cidade inca de Machu Picchu.


Fabulous Peru Tours

O blog my Destination Anywhere recebeu apoio da Fabulous Peru Tours para a realização do tour pelo Vale Sagrado dos Incas. A parceria foi realizada, mas a opinião expressa no relato é pessoal.

Faça suas reservas com a gente!

 

Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você não vai pagar nada a mais por isso e o blog ganha uma comissão para continuarmos trazendo novos conteúdos e é uma ótima maneira de retribuir as informações que você obteve no blog. Todos ganham!

1477164494_city Reserve seu hotel pelo Booking.com

1477164553_car Alugue seu carro com a RentCars

1477164568_add Adquira seu seguro viagem com a Real Seguros

1477164715_camera Reserve seus tickets para atrações pela Ticket Bar (EUA e Europa) e com a DayTour4u (Argentina, Colombia e Uruguai, e Brasil)

1482250327_mobile Compre câmbio com Melhor Câmbio

1482250327_mobileCompre seu chip com a EasySym4U

1477164599_editdocument Quer um roteiro de viagem pronto? Conheça a coleção 3 Days Anywhere

Você precisa fazer uma reserva de hospedagem?

Me encontre

Erick Stengrat

Sou formado em Química pela USP, trabalho com Desenvolvimento de Embalagens e também sou responsável pelo conteúdo do blog my Destination Anywhere. Adoro viajar para destinos isolados, mas também não dispenso uma cidade grande. Já pisei em 11 países e só penso em aumentar a lista.
Me encontre

Tire sua dúvida ou faça um comentário legal =)