Relato de Viagem de 5 dias – Peru – Cusco 12


A cidade de Cusco se localiza nos Andes Peruanos e sua população é de mais de 300 mil habitantes. Esta cidade é o ponto de partida para conhecer o Vale Sagrado dos Incas e as ruínas de Machu Picchu, locais essenciais para ter um contato maior com toda a história do império inca e dos povos andinos. Nós tivemos a oportunidade de ficar 5 dias em Cusco durante o mês de Julho/2014 e abaixo você encontra o nosso relato de viagem neste período.

Como Chegar em Cusco?

Para quem não quer se aventurar de carro por longas estradas, há basicamente 2 maneiras de se chegar em Cusco: avião ou trem.

Avião: esta é a opção mais cômoda onde você pega um voo para Lima que parte de diversos aeroportos brasileiros. O voo para Lima tem duração de 5 horas e, da capital peruana, pega um novo voo que dura mais uma hora até chegar no aeroporto de Cusco.

Trem: esta rota é através do famoso Trem da Morte que pode ser feita se você tem tempo disponível e não se preocupa com conforto. A viagem começa em Corumbá, no Mato Grosso do Sul. De lá você precisa ir até Puerto Quijarro, fronteira da Bolívia com o Brasil, e pegar o trem para a cidade de Santa Cruz de la Sierra. A partir daí são 18 horas de viagem pelas linhas férreas bolivianas até La Paz. Da capital boliviana, várias carros levam o turista rumo à Copacabana (ainda na Bolívia), na margem oriental do Lago Titicaca. Do outro lado do lado estará Puno de onde você consegue pegar um trem com destino a Cusco.

Como tínhamos pouco tempo disponível, fomos de avião e chegamos em Cusco na parte da manhã, sendo que ainda conseguimos aproveitar o dia da nossa chegada para realizar um City Tour na cidade e nos sítios arqueológicos ao seu redor. Nós ficamos hospedados no Hotel Santa Maria que possui uma ótima localização com um bom custo-benefício e você pode ler aqui nosso relato de experiência neste hotel.

Hotel Santa Maria Jardim

Hotel Santa Maria

Primeiro Dia – City Tour em Cusco

O City Tour em Cusco é bem diferente dos city tours tradicionais das outras cidades e precisa ser feito com um guia especializado já que apenas desta maneira você terá diversas informações de cada um dos locais visitados dentro da cidade e nos sítios arqueológicos do seu redor.

O City Tour em Cusco começou na Catedral de Cusco que está localizada na Plaza de Armas, foi para o Templo de Qorikancha e, depois de visitar estes dois locais, entramos em uma van que se destina a 3 sítios arqueológicos que ficam nos arredores de Cusco: Sacsayhuaman, Qenqo e Tambomachay.

Veja aqui o nosso post com o relato de fazer um City Tour em Cusco.

Plaza de Armas

Plaza de Armas

Segundo Dia – Vale Sagrado dos Incas

No segundo dia de viagem em Cusco fizemos um tour pelo Vale Sagrado dos Incas que começa com uma visita ao povoado de Ccorao que possui artesanato local. Depois nos encaminhamos para as impressionantes ruínas de Písac, almoçamos em Urubamba e terminamos o dia por volta das 16h em Ollantaytambo.

Veja aqui o nosso post com o relato de fazer um tour pelo Vale Sagrado dos Incas.

Ollantaytambo

Ollantaytambo

Neste ponto você possui duas opções: voltar para Cusco ou ficar em Ollantaytambo para pegar o trem com destino a Machu Picchu. Como tínhamos poucos dias na região, resolvemos ficar e pegar o trem para Machu Picchu a partir de Ollantaytambo já que esta é a melhor opção para quem tem pouco tempo e quer aproveitar o dia todo em Machu Picchu.

Veja o nosso post com todas as informações que você precisa para chegar em Machu Picchu de trem.

Trem para Machu Picchu Peru Rail Expedition

Trem para Machu Picchu – Peru Rail Expedition

Nós chegamos em Aguas Calientes (ponto de partida para visitar a cidade inca de Machu Picchu) por volta das 20h e ficamos hospedados no Adelas Hostal que possui uma ótima localização com um bom custo-benefício e você pode ler aqui nosso relato de experiência neste hotel.



Vai Viajar? Faça seu Seguro Viagem com Desconto.

Adelas Hostal

Adelas Hostal

Terceiro Dia – Machu Picchu

A visita nas ruínas da cidade inca de Machu Picchu é o passeio mais procurado da região e tínhamos uma expectativa muito grande para visitar este local. Com certeza foi o ponto alto da nossa viagem e é uma visita impressionante, que merece toda a sua atenção. Infelizmente reservamos apenas um dia para visitar Machu Picchu, mas se você gostar de trilhas e caminhadas dois dias são mais adequados para aproveitar mais o que o local tem a oferecer.

Como você precisa de diversas informações para montar o seu roteiro para Machu Picchu, nós fizemos alguns posts que podem te ajudar na sua programação, seja para você que quer visitar a cidade inca por um dia ou se você quiser aproveitar um pouco mais e visitar por dois dias:

Machu Picchu

Machu Picchu

No final da nossa visita na cidade inca de Machu Picchu voltamos para a estação de trem de Aguas Calientes para pegar o trem com destino a Cusco. Assim, poderíamos aproveitar o dia seguinte inteiro em Cusco para fazer outro passeio.

Veja nosso post com todas as informações que você precisa para chegar em Cusco saindo de Machu Picchu

Trem para Machu Picchu Peru Rail Vistadome

Trem para Machu Picchu – Peru Rail Vistadome

Quarto Dia – Moray e Maras

Este tour começou com uma visita aos terraços de Moray que ficam a 45Km da cidade de Cusco e é um incrível vestígio da civilização inca e de como eram realizadas as suas experimentações agrícolas. De lá seguimos para as salineras de Maras que ficam a apenas 12Km de Moray e, apesar de não terem relação com os incas, são um ótimo exemplo de como os povos andinos sobrevivem através da extração de recursos naturais na região. É importante mencionar que geralmente este tour não possui almoço e a volta para Cusco é apenas às 15h, assim, é recomendado levar alguma coisa leve para comer entre um tour e outro e água.

Veja aqui o nosso post com o relato de fazer um tour por Moray e Maras.

Moray Vista Superior

Moray – Vista Superior

Quinto Dia – Roteiro a Pé pela Cidade de Cusco

Este era o nosso último dia em Cusco e resolvemos fazer um roteiro a pé pela cidade por alguns pontos que não são conhecidos através do City Tour, como o Centro Artesanal de Cusco, Museu Arqueológico do Sítio de Quorikancha, Museu Pachacuti e Monumento Pachacuti. Com certeza foi uma ótima maneira de terminar a nossa viagem.

Veja aqui o nosso post com um roteiro a pé que fizemos por conta própria pelo centro de Cusco.

Convento de Santo Domingo

Convento de Santo Domingo

Vale a Pena ir para Cusco?

Nós fomos até Cusco para conhecer Machu Picchu e descobrimos um universo muito maior e cheio de história. Com certeza Machu Picchu é um dos locais mais bonitos que já conhecemos e vale muito a pena visitar e ir outras vezes para conhecer outros locais fora do roteiro tradicional. Acreditamos que 5 dias é o tempo mínimo para conhecer a região, mas se possível reserve um pouco mais de tempo para ficar dois dias em Machu Picchu e também conhecer outros sítios arqueológicos ao redor de Cusco.

Faça suas reservas com a gente!

 

Faça suas reservas clicando nos links dos nossos parceiros. Você não vai pagar nada a mais por isso e o blog ganha uma comissão para continuarmos trazendo novos conteúdos e é uma ótima maneira de retribuir as informações que você obteve no blog. Todos ganham!

1477164494_city Reserve seu hotel pelo Booking.com

1477164553_car Alugue seu carro com a RentCars

1477164568_add Adquira seu seguro viagem com a Seguros Promo

1477164715_camera Reserve seus tickets para atrações pela Ticket Bar (EUA e Europa) e com a DayTour4u (Argentina, Colombia e Uruguai, e Brasil)

1482250327_mobile Compre câmbio com Melhor Câmbio

1482250327_mobileCompre seu chip com a EasySym4U

1477164599_editdocument Quer um roteiro de viagem pronto? Conheça a coleção 3 Days Anywhere

Você precisa fazer uma reserva de hospedagem?

Me encontre

Erick Stengrat

Sou formado em Química pela USP, trabalho com Desenvolvimento de Embalagens e também sou responsável pelo conteúdo do blog my Destination Anywhere. Adoro viajar para destinos isolados, mas também não dispenso uma cidade grande. Já pisei em 11 países e só penso em aumentar a lista.
Me encontre

Tire sua dúvida ou faça um comentário legal =)

12 thoughts on “Relato de Viagem de 5 dias – Peru – Cusco

    • Erick Stengrat Autor do post

      Olá…infelizmente falar de preços é bem complicado porque depende do estilo de viagem de cada pessoa e o que cada um vai querer visitar. Os preços variam caso a caso…dá para fazer uma viagem mais econômica e uma mais luxuosa para o mesmo local !
      Abraços

  • fernando

    adorei o relato e as fotos,o Peru é de mais.em 2014 estive lá,fui de ônibus, são paulo x lima,uma aventura e tanto,em 2016 voltarei com certeza,já estou programando tudo. abs a todos

  • Maria José dos Santos

    Erick, vou aproveitar sua gentileza e tirar muiiitas dúvidas. Vamos para Lima dia 18/07 e ficamos até 21/07. Ficaremos em Cusco ( 21 a 28/07). Aqui começam as dúvidas:
    Estou planejando ir para Águas Calientes dia 23/7 e MP 24/7. ( pernoite e Águas).
    1- Como faço em relação ao hotel em Cusco? Nesse período que estaremos em Aguas Calientes e MP? Continua reservado com as malas? Queremos continuar nele, na volta porque vamos ficar até o dia 28/07. Faço uma reserva direta para todos os dias que vamos ficar em Cusco ou intercalo?
    2- Uso dólar o tempo todo ou é melhor também ter a moeda local?
    Sentiu que a coisa tá (um pouco difícil?). Não esquecemos toda ajuda quando fomos para Uschuaia e el calafate…. mais uma vez contamos contigo.
    Abraço,

    • Erick Stengrat Autor do post

      Olá Maria, tudo bem?
      Em relação ao hotel de Cusco, você pode fazer das duas maneiras: reservar o hotel para todos os dias e pegar uma diária a mais (no dia que você ficará em Águas Calientes) ou fazer a reserva intercalada. Eu fiz a reserva intercalada e deixei minhas coisas no próprio hotel de Cusco. Eles estão acostumados com este procedimento e a maioria dos hotéis fazem isso, mas é bom enviar um email antes para o hotel para ter certeza. O mais seguro é o primeiro método pois suas coisas ficariam no quarto, mas depende do quanto ficará sua diária de hotel para saber se compensa para você.
      Em relação a moeda, leve dólares e troque lá por Nuevos Soles…andar com a moeda local é mais fácil e ela é aceita em todos os lugares. Já o dólar possui algumas restrições de locais.
      Abraços

    • Erick Stengrat Autor do post

      Olá Consolação, é uma época um pouco mais fria sim, mas em compensação o tempo é mais aberto e há muito mais chance de pegar o céu claro do que se for em época mais quentes e chuvosas !
      Abraços

    • Katia Nunes

      Olá Davis! Obrigada!
      Eu pesquisei bastante antes de viajar e acabei fechando os passeios e os hoteis com uma agencia em SP chamada Machu Picchu Brasil. Eles tem sede na Vergueiro e em Custo, bem proximo ao centro!
      Com eles, fechei passeios (todos) + hoteis (Cusco e Aguas Calientes) + translados = R$1380 (a vista, em setembro de 2012). Achei que foi um otimo negocio, ainda mais que tinha o hotel de Cusco incluso (fiquei em um Best Western a duas quadras do centro da cidade).
      Além disso, devo ter gasto uns R$300 a R$500 em alimentação e compras + R$1000 na passagem (fui e voltei de Taca, com escala em Lima).